quinta-feira, 16 de abril de 2015

APROVADA A AUDIÊNCIA PÚBLICA PARA TRATAR DA RODOVIA TRANSCAMPESINA (QUE PASSA POR HERVAL:RS).

A Comissão de Assuntos Municipais da Assembleia Legislativa aprovou na terça-feira, dia 7 de abril, por unanimidade, requerimento para realização de audiência pública para tratar das obras de pavimentação asfáltica da rodovia Transcampesina. A rodovia interliga os municípios de HERVAL, Hulha Negra, Pedras Altas, Pinheiro Machado e Aceguá.

A ideia, conforme o deputado Zé Nunes (PT), proponente da audiência, é apoiar a reivindicação das comunidades, trazendo para a Assembleia o debate sobre a necessidade da viabilização da Transcampesina. 

“Um projeto que consegue reunir a força de instituições como Câmara de Vereadores, associações, prefeituras, num movimento organizado pelo consórcio público da região, comprova a importância da rodovia para o desenvolvimento. Com esta audiência, pretendemos discutir a inclusão do trecho nas obras do PAC 3. Estamos buscando contribuir no sentido de sensibilizar o governo federal para que a estrada recebe as obras”, observou.

O parlamentar contou ainda que vários representantes de Câmaras de Vereadores e de Prefeituras da região da Transcampesina apresentaram moção de apoio à pauta. “O Consórcio Público Intermunicipal de Desenvolvimento Econômico, Social e Ambiental dos Municípios da Bacia do Rio Jaguarão (CIDEJA), também se posicionou favorável à realização da audiência, destacando a importância das obras para qualificar as condições de escoamento da produção, transporte escolar e acesso aos municípios, com vias a buscar o apoio do Parlamento gaúcho ao pleito.

“Se esta estrada não fosse tão importante, não teríamos uma mobilização tão grande em sua defesa. É um tema bastante amplo, que trata da malha viária, e não apenas de um acesso asfáltico. A Assembleia pode contribuir muito nesta temática”, finalizou.

Devem participar da audiência: Empresa de Pesquisa e Logística (EPL), Ministério dos Transportes, Ministério das Relações Institucionais da Presidência da República, Azonasul, CIDEJA, Câmaras de Vereadores dos referidos municípios.

Transcampesina


A rodovia interliga pelo meio rural em cerca de 185km os moradores de cinco municípios. Beirando a fronteira com o Uruguai, a estrada facilitará a vida de cinco mil famílias de pequenos, médios e grandes produtores rurais destas localidades, especialmente quilombolas e assentamentos da reforma agrária. 

Segundo levantamento preliminar, existem duas mil propriedades rurais.  Estima-se que a rodovia beneficiaria direta e indiretamente cerca de 100 mil pessoas, incluindo uma vasta região da fronteira, a possibilidade de novos empreendimentos e desenvolvimento.  (Marcela Santos - Assessoria de Imprensa)
Postagem:Paulinho da Mídia, o Javali do Herval.





Nenhum comentário:

Postar um comentário

FAÇA PARTE DO BLOG, COMENTE, DÊ SUA OPINÃO.