quarta-feira, 8 de abril de 2015

Casa das Oficinas retorna suas atividades em Herval.

“Promover a igualdade faz toda a diferença”, com este lema a coordenação da Casa das Oficinas Ctrl A – Inclusão e Arte, um projeto da Secretaria de Cultura, Turismo, Desporto e Lazer em parceria com a Assistência Social, Centro de Referência e Assistência Social, retornou suas atividades durante todos os dias da semana, em sua sede própria.
Por ser um projeto inovador, o mesmo busca retirar jovens da vulnerabilidade social por meio da inclusão social, artística e cultural, através de oficinas permanentes ministradas por profissionais habilitados e reconhecidos.
As oficinas são abertas as pessoas de todas as idades. “Nossa meta principal é envolver crianças e adolescentes carentes ou em situação de vulnerabilidade social, oferecendo uma alternativa concreta para afasta-las do mundo da violência e das drogas, além de abrir as portas para a formação de novos talentos locais”, explica Chico dos Santos, assessor para políticas de Cidadania, Cultural e Artística, que coordena o projeto.
As oficinas acontecem nos turnos da manhã, tarde e noite, entre as 10 e 21 horas, incluindo oficinas de música, canto, dança, grafite, literatura, teatro, fotografia, cinema, alfabetização e bandas marciais.
Conforme o coordenador Chico, o roteiro de transporte para os assentamentos rurais serão feitos em parceria com a Emater. No Lar do Idoso às oficinas de música acontecem quinzenalmente. A Banda Marcial, Grupo Arte Dance, GDF, Invernada Artística do CTG Minuano, cursos do Rotary e Senar, via Sindicato Rural, são independentes, porém parceiros do projeto, utilizando somente o espaço físico da Casa das Oficinas.
Maiores informações, assim como o cronograma das oficinas, podem ser conferidos na secretaria da Casa, a rua Madruga Bitencourt, n.º 504 ou pelo fone (53) 3267-1150.
Postagem:Paulinho da Mídia, o Javali do Herval.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

FAÇA PARTE DO BLOG, COMENTE, DÊ SUA OPINÃO.