quinta-feira, 23 de abril de 2015

O Alemão Anton Alexander Bernhardt, de 30 anos, que está viajando pelo mundo, de Tuk Tuk , esteve em Pelotas !!!

Natural de Dresden, capital e maior cidade do estado da Saxônia, na Alemanha, Anton Alexander Bernhardt, de 30 anos, resolveu seguir um destino diferente após concluir a graduação: deixou pai, mãe, irmã e namorada para fazer uma viagem pelo mundo.
Veículo de Anton chamou a atenção das pessoas que passavam pela praça Coronel Pedro Osório (Foto: Leandro Lopes - DP)
Em novembro de 2012, após se graduar comunicador e se desfazer de um relacionamento conturbado, Anton - ou Alemão como é popularmente chamado - percebeu que não sabia ao certo o destino que daria à sua vida dali pra frente. Na dúvida, entregou o diploma nas mãos de sua mãe e saiu de casa com um amigo e colega de residência. A partir daí, foi construída uma longa trajetória até chegar a Pelotas.
Em entrevista para o Diário Popular, na tarde da última quinta-feira na praça Coronel Pedro Osório, em Pelotas, ele contou que já viajou pela Colômbia, o Equador, o Peru, a Bolívia, a Argentina, o Paraguai e o Brasil. Na Venezuela se despediu do amigo que encararia outro destino, mas na cidade de Santa Fé de Antioquia, localizada na Colômbia, encontrou seu novo companheiro de viagem: o tuk tuk - um triciclo que serviu como transporte e moradia ao longo do percurso. Assim, o deslocamento que era feito de carona ou até mesmo a pé, ganhou uma nova identidade de uma forma original. O veículo de estrutura curiosa esconde na parte traseira uma cama de casal e os pertences do mochileiro.
De passagem por Pelotas, foi acolhido na Toca do Índio no Jardim América - local que também recebeu uma jovem peruana que visitou à cidade em agosto de 2012 após percorrer 1,2 mil quilômetros de motocicleta pela América do Sul.

No entanto, a viagem de Bernhardt tem data marcada para acabar. Além da saudade dos familiares e o cansaço físico, sua irmã está de casamento marcado para o mês de maio. Ele conta que é um momento muito importante e que gostaria de estar presente para rever a família. Para isso terá de vender o tuk tuk e retomar a vida em seu antigo país.
Durante a aventura Bernhardt precisou trabalhar em obras, restaurantes, hotéis, padarias e mecânicas para se manter. Além disso, usou a criatividade como fonte de renda: instalou na parte frontal do tuk tuk um suporte para pedir a contribuição das pessoas para a gasolina.
Rumo ao Uruguai
O destino a partir de hoje é Rio Grande, Cassino, Chuy e Uruguai. Quando a aventura acabar, Anton pretende estudar assuntos de seu interesse e realizar palestras para compartilhar sua experiência com as pessoas.

Brasil já produz o modelo
O veículo usado pelo viajante já é fabricado no Brasil, na Zona Franca de Manaus. O modelo destinado a passageiros, produzido pela indústria Motocar, tem capacidade para transportar até três pessoas, com adição a 25 quilos de carga. O triciclo conta com uma cabine traseira para acomodar as pessoas sentadas, com um cinto de segurança à disposição. Movido a gasolina, possui ainda extintor de incêndio e atinge velocidade de 65 quilômetros por hora.
Postagem:Paulinho da Mídia, o Javali do Herval.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

FAÇA PARTE DO BLOG, COMENTE, DÊ SUA OPINÃO.