sábado, 22 de agosto de 2015

PAIXÃO E FANATISMO.

 LENDO O JORNAL O HERVAL, ACHEI BASTANTE INTERESSANTE ESSA MATÉRIA DO COLEGA GETÚLIO, ONDE ELE DESCREVE A PAIXÃO E O FANATISMO, FALTOU  MENCIONAR O FANATISMO RELIGIOSO, ESSE MUITO PERIGOSO INCLUSIVE PARA AS BANDAS DA ARÁBIA. TEM IGREJA QUE NÃO PERMITE QUASE NADA MAS ALGUNS ´´CRENTES``  SÃO PIORES QUE MUITOS ´´MUNDANOS``.  AQUI EM HERVAL TEM VÁRIOS EXEMPLOS DO FANATISMO POLÍTICO, TANTO O FANATISMO MUNICIPAL (ANO QUE VEM VOCÊS VERÃO)  COMO O FANATISMO FEDERAL, TU ESTÁ VENDO QUE ESTÃO ROUBANDO, MOSTRA PARA O FANÁTICO QUE FAZ VISTA GROSSA EM NOME DE UMA IDEOLOGIA POLÍTICA CEGA E FAJUTA.
VAMOS VER A MATÉRIA DE: GETÚLIO DORNELES FERNANDES DA SILVA.
                     

Uma pessoa apaixonada por outra fica obcecada, cega e surda. Não vê defeitos e não houve se alguém alerta para algum ponto negativo de sua paixão.

 Já o fanatismo até se confunde com a paixão, mas é mais radical. Quando a paixão alia-se ao fanatismo , vira obsessão e o personagem pode cometer as maiores loucuras , inclusive atentar contra a vida da amada(o), da família e de si.
 A paixão por uma atividade e a dedicação integral a ela pode levar o individuo alienar-se das demais tarefas e não conseguir executa-las com a mesma qualidade ou dentro do tempo normal.

No futebol , a paixão faz o torcedor cantar, chorar, acompanhar o time , vibrar nas vitórias ou chorar nas derrotas . O fanatismo,  por sua vez , pode levar ao mesmo descontrole , às brigas e a violência entre torcidas até mesmo entre torcedores das mesmas cores.

 Na política, a paixão por uma corrente política leva uma pessoa a ser defensora da esquerda ou da direita independente do partido político. Os moderados optam pelo que definem como centro esquerda ou centro direita. Estes são os mais equilibrados. Reconhecem qualidades e defeitos em todas as correntes e buscam o equilíbrio em suas ações. Os fanáticos , por sua vez somente percebem qualidades em seus lideres e defeitos , unicamente nos adversários. Normalmente, pregam uma utopia impossível e só acreditam no que seus lideres propagam. Em suas falas, defendem-nos com veemência e acusam os demais de analisar ou por desconhecer a realidade que dizem. Essa atitude pode conduzi-los a cometer graves equívocos. Eles achegam a ir a tribunas , passeatas ou imprensa para defender pessoas que cometem  atos ilegais ou situações que contrariam a opinião pública.

 Os fanáticos a não são capazes de reconhecer o trabalho e os resultados obtidos por adversários, mesmo estando diante de seus olhos e cruzando todos os dias pelas obras realizadas e participando de encontros e reunião onde tomam ciência do que está sendo feito.por outro lado, tudo o que é dito negativamente , mesmo contrariando os que os olhos veem diariamente, propagam com a maior empolgação subestimando a inteligência e a capacidade de percepção do povo. Também, quando uma obra é paralisada já iniciam uma guerra de críticas, por desconhecer as razões da parada ou , mesmo , para o ter dividendos eleitorais.

 Felizmente, a população acordou e não segue de olhos fechados seus líderes. Analisa e vota contra, quando reconhece que estes líderes frustaram suas expectativas. Aliás , líderes incontestáveis no Brasil não há mais. Não há mais alguém que possa arrastar multidões, simplesmente porque que é uma grande liderança. Isso só poderá acontecer em  caso de uma guinada radical por desgosto causado por alguém ou uma coligação. 

 Hoje, não há porque ficar bitolado assistindo só uma emissora de TV ou de rádio. Além de uma diversidade de emissoras, cada qual com sua linha editorial, há , também, jornais impressos, eletrônicos e redes sociais. Basta que se saiba diversificar a fonte de informação e filtrar os excessos que cada um possa utilizar. 
 Nas redes sociais, há que se ter precaução. É necessário valiar e cuidar da seriedade do Editor. Muitas informações podem ser distorcidas . Há, no entanto fontes confiáveis. Aquelas que são assinadas, que tem um responsável , se publicarem inverdades não documentadas, são processadas.
   Parece que, finalmente, as mentiras, as enganações e as distorções não iludem mais à grande massa. Permanecem na miopia apenas ....os fanáticos.

Por: Getúlio Dorneles Fernandes da Silva.
Administrador- Pesquisador- Escritor.
Postagem: Paulinho da Mídia, o javali do Herval.  
        

Nenhum comentário:

Postar um comentário

FAÇA PARTE DO BLOG, COMENTE, DÊ SUA OPINÃO.