sexta-feira, 30 de outubro de 2015

Ato de jovens feministas causa polêmica na UFPel (Pelotas)


Publicado em 28 de out de 2015

Recebo esse relato de um aluno da Universidade Federal de Pelotas (UFPel) que prefere se manter anônimo por motivos óbvios.( Um aluno custa em média R$ 1.500,00 por mês para o estado)





Leiam isso... 

*******************************
"Olá, gostaria de enviar um desabafo e tornar de conhecimento nacional algo que ocorreu hoje na UFPEL, já que a reitoria não fará absolutamente nada. Algumas meninas do coletivo feminista-marxista-radical Grupo auto organizado de mulheres da UFPel decidiram fazer uma "intervenção artística", como elas chamaram, no saguão do Campus do Instituto de Ciências Humanas da referida universidade. Ontem (dia 26 de outubro) aproximadamente das 13:30 até as 19:00, houve o mais grotesco show de horrores, injustiças e indignações que já foi presenciado alguma vez nessa universidade. Nuas, mulheres (mulheres?) faziam piquete para homens de fora não entrarem e de dentro não saírem do campus. Fumavam maconha, bebiam cachaça, mutilavam-se e se masturbavam em pleno saguão do campus, jogavam urina nas coisas e nas pessoas. Ameaçavam com facas os homens e as mulheres que discordavam de tal ato grotesco e nojento. Agrediam verbal e fisicamente homens e a imprensa que por lá apareceu. A Polícia Federal Brasileira foi chamada, porém a reitoria, incrivelmente, mandou cancelar o chamado e encerrar as aulas do período noturno. Já faz um tempo que esse grupo impõe medo nos estudantes com ameaças, mas hoje foi o estopim de tudo. Aquela Universidade é minha também, eu pago aquele lugar desde o meu primeiro dia de vida. Aquelas mulheres, que nem às aulas frequentam, além de ameaçarem e agredirem, impedem que os alunos que são os verdadeiros donos do espaço possam estudar em paz, sem medo. Medo este, que é uma constante por aqui há um bom tempo. Me sinto totalmente impotente por não ter nem a Universidade, nem a segurança pública do meu lado. Obrigado pelo espaço."
Fonte: Facebook Armando Azambuja Di Primio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

FAÇA PARTE DO BLOG, COMENTE, DÊ SUA OPINÃO.