segunda-feira, 21 de março de 2016

Mulher é morta a tiros pelo ex-marido em Pedras Altas.


Vítima havia solicitado medida protetiva contra o suspeito dois dias antes do crime devido à ameaças que vinha sofrendo

Um homem de 36 anos matou a ex-mulher na tarde deste sábado (19) em Pedras Altas, Zona Sul do Estado. Ele também feriu a tiros dois amigos de Ana Laura da Luz Ávila, 28. Eles estão internados no Pronto Socorro de Pelotas (PSP). Uma terceira pessoa que estava no local conseguiu fugir e chamou a Brigada Militar. As informações são da repórter Renata Garcia.
Segundo a polícia, não há registro de que o homem, de iniciais M.A.P.O., tem passagem policial por agressão contra a ex-mulher. No entanto, dois dias antes do crime, Ana Laura havia solicitado medida protetiva devido às ameaças que vinha sofrendo do ex-marido.
Sábado, no início da tarde, ele havia ido até a casa da vítima pedir para que ela retirasse o pedido. Não conseguiu. Por volta das 17h, de acordo com a testemunha ouvida pela BM, M.A.P.O. voltou à casa, bateu na porta e, ao abrir, teria começado a fazer os disparos. Na sequência, fugiu em um Uno vermelho de sua propriedade. Com apoio do efetivo da BM do município e de Herval, além do reforço de policiais de Arroio Grande e Jaguarão, o suspeito foi encontrado às 9h deste domingo na zona rural de Pedras Altas. A captura exigiu negociação: o suspeito ameaçava se matar com um revólver calibre 32 apontado para a barriga. Na delegacia, ele admitiu o crime. Foi autuado por homicídio e porte de arma. A prisão preventida será cumprida na unidade prisional de Bagé.
De acordo com o escrivão Luís Fernando Bender, da Polícia Civil de Pinheiro Machado, onde M.A.P.O. foi ouvido, o crime pode ser classificado como passional.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

FAÇA PARTE DO BLOG, COMENTE, DÊ SUA OPINÃO.