quinta-feira, 29 de setembro de 2016

A COLIGAÇÃO DO 45 DEU SUA VERSÃO SOBRE O DEBATE ELEIÇÃO HERVAL 2016, JÁ A COLIGAÇÃO DO 12 RESOLVEU NÃO DAR A SUA VERSÃO.

Como o Java pediu para as duas coligações suas respectivas versões sobre o debate, o 45 já enviou a sua feita pelo Toninho,o Java aguardava a versão do 12 mas o  Jairo disse que vai  não vai mandar pois tem seus motivos, acompanhe como o 45 e o 12 se manifestaram em relação ao debate.






Rubem mostrou que é o mais preparado e representa o melhor

O debate do dia  (26) serviu para mostrar que Rubem é o mais preparado e representa o melhor projeto para Herval.

Mesmo enfrentando um debate tendencioso e um adversário maldoso, despreparado e sem conteúdo, Rubem deu um banho de categoria, experiência e clareza e mostrou que os hervalenses não embarcam mais no trenzinho da ilusão.

No debate, Rubem deixou claro que vai continuar e aprofundar o trabalho do prefeito Ildo, preservando as políticas conquistadas em todas as áreas e mantendo a prefeitura livre do “SPC das prefeituras” para seguir captando investimentos em obras e na melhoria da qualidade de vida da nossa gente. No entanto, além do compromisso de preservar as conquistas dos últimos anos, Rubem mostrou que vai fazer coisas novas, ampliando o desenvolvimento a partir da criação do fundo de desenvolvimento econômico que deverá financiar projetos de geração de trabalho e renda, tanto na área urbana quanto na zona rural.

Ao contrário de Rubem que tem os pés no chão, os olhos no futuro e apresenta coisas concretas e palpáveis para tocar Herval em frente, o presidente licenciado do Sindicato dos Trabalhadores Rurais falou apenas de um plano de governo que contém um amontoado de iniciativas que foram ou estão sendo feitas pelo atual governo, além de um festival de devaneios e fantasias, como a promessa de um teleférico, uma ponte internacional e um trem que já passou e não volta mais.

Além disso, o representante da destruição do 12 fugiu o tempo inteiro do debate e não conseguiu explicar as questões propostas por Rubem. Fala que representa o novo, porém na prática segue cercado dos velhos de sempre. Promete maravilhas se viesse a chegar ao comando da prefeitura, porém como vereador não apresentou nada novo e trabalhou sempre na lógica do quanto pior melhor. Alardeia uma gestão eficiente, mas está há vários anos à frente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais, não promovendo nenhuma realização digna de destaque e ainda levando a perda de muitas conquistas dos associados nesse período. Exemplo disso é que o Sindicato recolhe a contribuição dos associados e mesmo assim se encontra em dívida com a contribuição devida a FETAG desde julho de 2015. 

Rubem, que representa a coligação Juntos Para Fazer Mais, questionou também – e não obteve resposta – como alguém que aumentou o patrimônio pessoal 7 vezes num período de 4 anos, não consegue realizar a mesma mágica quando administra o patrimônio que pertence a uma coletividade.

Ao longo de todo o debate, Rubem lamentou não ter a possibilidade de debater com um candidato em situação regular junto à Justiça Eleitoral, tendo em vista que a candidatura adversária até agora não conseguiu o DEFERIMENTO do seu registro, o que representa o risco dos votos que vier a receber na eleição do próximo domingo não serem considerados válidos.

Nesse ponto, o representante da destruição do 12 admitiu ter ingressado com novo recurso junto ao TSE, uma vez que perderam o recurso apresentado ao TRE, pleiteando a regularização da sua candidatura o qual, segundo ele, não seria julgado até a data da votação. Contudo, num dos seus truques de mágica disse minutos depois que se Rubem acessasse a página a Justiça Eleitoral na internet naquele instante iria constatar que sua situação já havia sido regularizada, uma mentira escancarada que apenas revela sua vocação para o deboche e tentativa de enganar as pessoas.

No final do debate veio um incidente lamentável. Logo no início todos os ouvintes escutaram o mediador do debate anunciar que um debatedor abria o debate e o outro encerrava, conforme fora acordado com as coordenações das duas campanhas. Rubem foi o segundo a falar nas considerações iniciais, de acordo com o sorteio realizado e, portanto, pela regra estabelecida deveria falar por último nas considerações finais. Prova disso é que após o mediador firmar posição nessa questão, a assessoria do presidente licenciado do Sindicato dos Trabalhadores Rurais não quis aceitar o combinado, atrasando o início do debate.

No entanto, as regras acabaram por ser rasgadas diante de todos que acompanharam o debate ao vivo pelo telão colocado defronte ao local do debate e pelas ondas das duas rádios locais. Assim, passou a valer um novo e sorrateiro critério de que o debatedor que falou primeiro no início falaria por último no final. Nesse momento, a assessoria do candidato Rubem interveio exigindo o cumprimento das regras combinadas e os ânimos se acirraram, sendo que um dos integrantes da assessoria de Rubem chegou a ser agredido fisicamente por um dos assessores do presidente licenciado do Sindicato dos Trabalhadores Rurais.
COLIGAÇÃO JUNTOS PARA FAZER MAIS
RUBEM PREFEITO
FERNANDO VICE
@@@@@@@@@@@@@@@@@@@

A Coligação HERVAL PARA TODOS, (12), JACKSON & BRUNA resolveu não se manifestar com sua versão sobre o debate, para o Blog Javali do Herval. A Versão da Coligação JUNTOS PARA FAZER MAIS, (45), foi publicada na matéria anterior a esta, o Java estava esperando a versão do 12, para publicar e comprovar a imparcialidade do Blog, mas o Jairo representando a coordenação do 12  publicou o seguinte: 




Jairo Sais Paulinho, eu cheguei a fazer o relatório do que tínhamos achado do debate. Mas ao saber de tanta baixaria, tanta distorção e tanta má fé do outro lado, e não estou culpando todo o outro lado, culpo apenas quem escreveu e quem se sente representado por tais grosserias, eu não vou escrever nada. Se precisar baixar até aquele nível pra rivalizar em política eu não me presto a isso. Talvez alguém de nossa coligação consiga mentir tão descaradamente para inflamar alguns ânimos, mas esse alguém não sou eu. As palavras que eu escrever hoje me cobrarão seu preço daqui a alguns anos então prefiro não fazer igual a eles. Os homens, mulheres e crianças que estão do outro lado não merecem ser achincalhados como esse rapaz fez conosco. Vou além, os candidatos adversários não merecem tanta baixaria. Nenhum deles. Assim como os nossos também não mereciam. Talvez se ganharmos as eleições conseguiremos um letrado com belas palavras que aceite uns trocados para tentar desmanchar com a reputação de nossos adversários. Sei que estás no teu papel enquanto imprensa, mas a mim não me cabe tal papel. Não seria eu no outro dia. Abraço!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

FAÇA PARTE DO BLOG, COMENTE, DÊ SUA OPINÃO.