sexta-feira, 14 de outubro de 2016

HISTÓRIAS QUE O POVO DE HERVAL CONTA, LENDA OU VERDADE? ( O CASO MARGARIDO)

Reza a lenda que no  dia 02/010/16 em Herval, durante o período de votação, um fato curioso e engraçado aconteceu entre dois candidatos com números parecidos. O candidato do PDT, o tradicionalista Margarido, que já foi vereador em Herval, foi votar em si como todos os candidatos fazem, mas invés de votar no seu número 12777  em uma  infelicidade votou no 11777, ao perceber a ´´cagada`` e que na realidade tinha votado na candidata da coligação rival, Lelê, ele ficou inconformado, querendo anular e votar novamente, lidou com os mesários que não puderem fazer nada, pois a urna eletrônica já tinha registrado o seu voto no PP do Ildão, nessa hora Brizola deve ter se revirado no caixão, o Camarão ter entrado em depressão e o Jackson quase ter desmaiado.
 Margarido saiu bufando de brabo, embora o erro tenha sido seu, segundo comentários ele teria procurado a Lelê, que ainda não tinha votado e pedido para ela votar nele, tipo um troca troca tá ligado? Não sabemos se rolou, acreditamos que a Lelê foi fiel ao PP e acreditando na sua própria competência, tenha votado em si própria, frustando o candidato trabalhista.
No frigir dos ovos, Margarido dos 35 candidatos a vereador, ficou em 22° lugar com 87 votos e a Lelê ficou em 19° lugar com 97 votos. Se Margarido tivesse votado nele próprio,  teria se igualado ao Itamar Tatá e a Janice.
 O povo conta muitas histórias, essa será mais uma lenda hervalense ou um fato verídico ?  
Por: Paulinho da Mídia, o Javali do Herval.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

FAÇA PARTE DO BLOG, COMENTE, DÊ SUA OPINÃO.