quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

CULTURA AFRO É TEMA NO POLO DE EDUCAÇÃO INFANTIL DE HERVAL.



Direção, coordenação, professoras e estagiárias do Polo de Educação Infantil de Herval.

VÍDEO 

Inspirados no dia da consciência negra, no mês de novembro o Polo de Educação Infantil de Herval, promoveu diversas atividades durante esse mês passado, para divulgar a cultura negra, além de fomentar a diversidade e ensinar as crianças as belezas e a importância da cultura negra no nosso dia a dia, pois somos um país miscigenado.

Pinturas Faciais da Cultura Afro.
A Professora Carlinha Torres, pinta o rosto das crianças, pintura que é uma marca de muitas tribos africanas.

Adereços de materiais recicláveis.


As professoras Iara e Aline, foram as responsáveis por confeccionar juntamente com seus alunos, adereços africanos, como colares e bijuterias feitas com material reciclável, ecologicamente correto.

Oficina de máscara, arte e cultura  afro.
Os alunos da professora Iádia, aprendiam sobre a arte de confeccionar máscaras afros, com material reciclável como papelão e pratinhos de isopor.
Iádia destaca que as máscaras geralmente são coloridas, marca da cultura africana, pois é um povo alegre e deixou essa herança na miscigenação do povo brasileiro.



Turbantes Afros.
A professora Luciana foi a responsável para ensinar a cultura dos turbantes africanos, segundo a professora, os turbantes mostram o estado de espírito de quem usa, se for colorido significa alegria, se for uma cor neutra ou discreta, significa tristeza. Luciana, acha necessária a mistura e o respeito a diversidade étnica, na convivência infantil, para existir o respeito, pois todos somos de uma única raça a raça humana.




Professora Luciana e a Coordenadora do Polo de Educação Infantil de Herval, Rosângela Brião.


Ao som de Timbaladas e ritmos de Axes baianos, professores e crianças fizeram rodas de dança de mãos dadas, todos irmanados, confraternizando e conhecendo a cultura afro. 






Parabéns para todos os envolvidos, pois só a convivência e o conhecimento de culturas  étnicas , para extinguir o racismo, pois ninguém nasce racista, o racismo é ensinado pelos pais e familiares, mas pode ser extinto através do ensinamento de professores e educadores em polos de educação infantil, escolas e universidades.

Por: Paulinho da Mídia, o Javali do Herval.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

FAÇA PARTE DO BLOG, COMENTE, DÊ SUA OPINÃO.