domingo, 15 de janeiro de 2017

A 21° CAVALGADA DA INTEGRAÇÃO (HERVAL 2017)


21ª CAVALGADA

Aqui, no Povo Grande, que chamam capital do Estado, cercado de concreto, com mais de trinta graus, fico imaginando o andar da cavalgada. Participei de algumas que tiveram contratempos superados pela garra e motivação do mais experiente ao menor dos piás ou prendinhas.
Chuva, tempestade, calor e outros componentes adversos não arrefecem o ânimo dos participantes. 
A lide é diária: levantar, pegar a sua montaria e dar-lhe milho, o mate, saborear o café campeiro, o desmontar dos acampamentos. Essas tarefas iniciam pela madrugada. Depois, encilhar, saudar os anfitriões e partir para ponto seguinte.
O que faz essa gente enfrentar todos os desconfortos e estar novamente, no ano seguinte, enfrentando as mesmas adversidades? 
Se me for permitido responder à minha pergunta, eu diria: amor, paixão pela convivência fraterna com os demais, gosto arraigado por essa oportunidade de estar junto à natureza e das lides com os pingos.
Também, aquela chama que se acende automaticamente no interior de cada um, recordando nossos ancestrais que no seu dia a dia exerciam atividades no campo.
Por último, gravadas nos confins da memória e recebidas na gestação, as lutas de nossos antepassados para garantir nosso torrão disputado por portugueses e espanhóis. O orgulho de descender dessa linhagem que não temia a morte na defesa de seus ideais, preservando nosso chão da sana destruidora de espanhóis e, depois, dos Farrapos. Esses, deixaram nosso Herval empobrecido, com a leva de bovinos e cavalos para alimento e montaria que carregaram consigo. Após cada destruição, um novo ciclo de trabalho árduo e sacrificante para recuperar os prejuízos.
Não importa qual motivação os faz enfrentar a intempérie. Importa, agradecer aos cavalarianos e suas equipes de apoio por manter acesa essa chama impregnada dentro de cada um.
Importa, agradecer aos proprietários onde foi recebida a cavalgada. Também eles, mantém dentro de si as motivações dos cavalarianos.
Importa, agradecer aos cozinheiros, incansáveis no trato de suas tarefas para apresentar as refeições saborosas de cada dia.
Que a cavalgada deste ano seja a motivação e o engajamento para 22ª no próximo ano.
Um grande abraço a todos
Getúlio Dorneles Fernandes da Silva

Nenhum comentário:

Postar um comentário

FAÇA PARTE DO BLOG, COMENTE, DÊ SUA OPINÃO.