sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

O BOM FILHO A CASA TORNA (AUTO PEÇAS SANTA RITA, HERVAL)

VÍDEO DO JAVA

Trabalhei na Auto Peças Santa Rita de 1996 a 2013, entrei com 21 e saí com 38 anos !! Lá em 1996 o meu antecessor foi o Toninho Veleda, que trabalhou uma semana ou um pouco mais e vendo dificuldade em decorar mais de 3000 peças, pediu para sair, minha irmã Deliane que estudava com ele, avisou minha mãe que falou com o saudoso Seu Ary, que me admitiu e trabalhamos juntos até seu falecimento em 2006, depois ainda trabalhei 7 anos com o novo patrão, o genro do Seu Ary, Volnei Tissot, até 2013 quando pedi para sair para montar meu próprio negócio, a Javali Peças, que foi bem no 1° ano (2014), mas em 2015 a situação ficou ruim e em 2016 estava péssima, só com o BLOG para me sustentar, foi bem nesse época que juntei os ´´trapos`` com a mãe da minha filha, mas com a condição financeira ruim, embora eu não estava deixando nada faltar em casa, mas sem paciência da companheira na época, o casamento terminou, com Java sendo Taxado de vagabundo, como se nunca tivesse trabalhado na vida !!! Nesse entre meio o Java trabalhou de servente de pedreiro por uma semana em setembro de 2016 , parecia que não apareceria uma luz no fim do túnel, mas no final de 2016 o Java foi chamado para ficar no lugar do balconista da Santa Rita, Deivison iria acompanhar sua esposa que a qualquer momento poderia ganhar o bebe, nesse entre meio ele recebeu uma proposta irrecusável e no que ele gosta, dirigir caminhão, assim me perguntaram se eu gostaria de permanecer em definitivo, tipo uma 2° passagem pela Auto Peças, e eu uni o útil ao agradável, conheço tudo ali, passei quase a metade da minha vida ali dentro, o reconhecimento chegou em uma boa hora em uma hora de desespero evitando uma possível depressão, pois tudo estava dando errado, com uma onda de azar imensa, mas  agora posso tranquilamente pagar a pensão da minha filha. 
Fui patrão de mim mesmo, tive essa experiência que foi produtiva, hoje não cometeria os erros que cometi, me serviu de aprendizado.  Nessa nova passagem pela Santa Rita, agora com 41 anos e pai, e em uma função nova, agora no balcão sozinho, sem Biduka, sem Lucas, sem Pontaria, a responsabilidade é maior embora a realidade da loja seja outra em comparação aquele tempo. 
 A Santa Rita se somou ao blog para mim financeiramente e sinto que comecei 2017 com o pé direito, com distração para ocupar a cabeça e com a finalidade de por a minha vida em ordem, já que estava e ainda está uma bagunça.  
 Tenho que voltar a estudar e tentar um concurso, ainda dá tempo de ser feliz, embora eu esteja nesse momento, o bom filho a casa torna, é a frase que mais escuto no momento, tenho certeza que a luz do finado e saudoso meu patrão Seu Ary, me iluminou em um momento de angustia , o curioso que dias antes desta oportunidade na loja eu tinha sonhado com a finada professora Maria Nilza, pode ser uma coincidência, mas EU VOLTEI, o destino assim quis.
Por:Paulinho da Mídia, o Javali do Herval.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

FAÇA PARTE DO BLOG, COMENTE, DÊ SUA OPINÃO.