sábado, 15 de julho de 2017

NASCI EM HERVAL.

Resultado de imagem para quebrando a televisão
Olhando um canal de TV, me deparo com uma entrevista e o entrevistado (a) é um (a) importante e renomado (a) profissional na sua área, isso seria um orgulho pois essa pessoa é um (a) hervalense nascido (a) e criado (a) em Herval, mas  que na hora que perguntaram sua origem, sequer citou Herval!!!! Preferiu citar  Pelotas por ser uma cidade conhecida.
 Hoje em dia tudo gera processo, e não quero encrenca com ninguém, não citei nomes mas  muitos hervalenses que estavam olhando a TV, ficaram chateados, pois esperavam ouvir um, NASCI EM HERVAL, nos sentimos desprezados.
Não é obrigação dizer que nasceu em Herval, mas é uma questão de bom senso, pois a sua primeira oportunidade foi aqui na terrinha, a primeira ´´mão`` que teve foi de um empresário daqui da terrinha, aqui foi o inicio no que hoje é um sucesso absoluto, claro que teve que literalmente conquistar com muita dedicação o mundo para crescer  e chegar onde chegou, mas  o inicio foi aqui.
Por:Paulinho da Mídia, O Javali do Herval.



Um comentário:

  1. Essa pessoa certamente não conhece a história de Herval. Não sabe de tudo que já aconteceu na região, pelo menos durante um século de disputa por essas terras, entre espanhóis e portugueses. Nunca ouviu falar da participação de hervalenses em acontecimentos importantes, como a Guerra do Paraguai, a Revolução Federalista, ou a Revolução Farroupilha. Ignora a longa trajetória dos portugueses que deram início à povoação, vindos do continente ou de ilhas dos Açores, para fundar deste lado do Atlântico uma nova pátria. Desconhece, tanto as pessoas ilustres que aí nasceram e viveram, e outras que daí se lançaram para o mundo, como aquelas que não alcançaram notoriedade, mas que foram a essência da cidade, desde seu surgimento, e lhe trouxeram a estrutura e a identidade inconfundível. Lamento por essa pessoa. Considero Herval uma cidade que ainda não recebeu o reconhecimento merecido, e isso se deve tanto à ignorância dos fatos, como à falta de memória dos brasileiros.

    ResponderExcluir

FAÇA PARTE DO BLOG, COMENTE, DÊ SUA OPINÃO.