segunda-feira, 25 de junho de 2018

OS CERROS DE HERVAL

Cronica de Rubens Machado



Os cerros do Herval, por 20 anos foram o pano de fundo dos tempos em que morei na cidade. 
Por 20 anos foram minha primeira imagem quando saia de casa e a última quando retornava.
Por 20 anos, galopeei os olhos pelo espinhaço destes cerros, imaginei tesouros escondidos em cavernas inexistentes nos seus canhadões, fiz castelo imaginário da velha caixa d'agua.
Cavalguei horizontes, desde a Guarda Nova até as caídas da Meia-Água. No cerro do marco da carta geral fiz pouso.
Depois, já 'tomando tento' da história da Terrinha, fui cabo, fui tambor, fui soldado, da guarda portuguesa estabelecida nestes cerros no último quartel do século XVIII.
Fui vigia no cerro mais alto, 'bombeando' para o lado dos castelhanos, buscando algum movimento suspeito dos súditos de Castela.

Nos grotões dos cerros, colhi erva-mate para preparar a infusão sagrada herdada dos índios guaranis, e esquentar as noites frias do acampamento..
Fui 'chasqueiro' de Jerônimo de Azambuja, de Vasco Pinto Bandeira, comandantes da guarda.
Cevei mate para Rafael Pinto Bandeira e Manoel Marques de Souza, comandantes da fronteira de São Pedro. 
Em 1801, quando a guarda levantou acampamento para os lados do Jaguarão, eu, com os cerros indelevelmente gravados no fundo das retinas, fiquei, junto com tantos outros por aqui já 'arranchados': Bonifácio José Nunes, Jose da Siva Tavares, Francisco Teixeira Pinto, Antônio Francisco dos Santos Abreu, Antônio Madruga de Bittencout,
E juntos, depois de ter riscado esta fronteira a pontaço de lança e pata de cavalo, fundamos esta cidade, que por este passado, ficou conhecida como a Sentinela da Fronteira.
E eu estava lá........... pelo menos em sonho.

Fuuuuuuuuuuuuui....... que a cachorrada latiu e acordei no melhor do sonho: bem na hora que estávamos, eu e mais dois, fazendo uma 'surtida' contra uns castelhanos que andavam 'a escoteira' rondando o acampamento.
(Por Rubens Machado)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

FAÇA PARTE DO BLOG, COMENTE, DÊ SUA OPINÃO.